Demanda urgente por máscaras e EPIs garantiu alívio financeiro à indústria na pandemia

26 de agosto de 2020
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Demanda urgente por máscaras e EPIs garantiu alívio financeiro à indústria na pandemia

Se por um lado a pandemia da Covid-19 causou uma crise econômica sem precedentes, por outro, acelerou o mercado de máscaras e equipamentos de proteção individual. Fábricas e produtores individuais viram na confecção desses itens uma oportunidade de ganhar fôlego com o aumento repentino da procura.

Dados do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, o Senai, apontam que a produção nacional de máscaras e equipamentos de proteção, hoje, consegue suprir 80% da demanda. Antes da pandemia, esse percentual era de 20%. O restante vinha de fora. A busca foi tanta que o Senai, junto com a Confederação Nacional da Indústria, teve que capacitar quase 400 indústrias de Norte a Sul do país para que elas pudessem adaptar a linha de produção para o segmento de EPIs.

Foi o caso da empresária Olinda Sousa, dona de uma loja de lingeries em Fortaleza, no Ceará. A Olinda conseguiu não só evitar demissões como teve um ganho de 10% na arrecadação com a produção de mais de 50 mil máscaras.

“De início fiquei meio perdida. Pensei: ‘meu deus, e agora? O que eu vou fazer?’. Não se podia trabalhar, mas aí falei ‘vou começar a produzir’. Vi nas reportagens que podíamos produzir máscaras de tecido”, relata.

No Ceará, a indústria têxtil é uma das mais fortes do país, e por isso a tendência de reconversão chama mais a atenção. Paulo André Holanda, diretor regional do Senai Ceará, explica como as indústrias do estado conseguiram se reerguer produzindo máscaras e EPIs:

“No início, quem produziu foi o Senai, tudo gratuito. A gente reposicionou elas (as empresas), dando mentoria e consultoria pra que pudessem produzir máscaras. Nesse início, foi doação, e agora entregamos para as empresas executarem. É um novo negócio pra elas.”

Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, é responsável por um quarto de toda a indústria de moda íntima do país, o que também facilitou a adaptação. A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro criou videoaulas gratuitas pra incentivar o setor. A estimativa é que a produção mensal da região seja de 11 milhões de máscaras. E a conversão puxou também outros setores. O Cláudio Marquês, dono da uma empresa de moda esportiva na cidade, decidiu embarcar no segmento para sobreviver à crise:

“Foi uma sensação de desespero, pois mudar sua fábrica como nós mudamos foi assustador. Trabalhar no segmento de EPIs pra gente está sendo muito gratificante, um desafio e um aprendizado. Pretendemos colocar como um nicho a se seguir dentro da empresa”, diz.

Diante da reestruturação das indústrias, o setor já começa a pensar o momento pós-Covid-19. A aposta é que os investimentos em inovação feitos nesse período de pandemia garantam um legado e espaço para as fábricas do país no mercado internacional de máscaras e equipamentos de proteção

 

FONTE:
CBN

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

A Cipa Fiera Milano é especializada em feiras de negócios e publicações técnicas e tem como objetivo, aproximar organizações e criar oportunidades de relacionamentos, por meio da realização de grandes feiras e publicação de revistas setorizadas na América Latina.

Receba Nossa Newsletter





Seu nome completo
Seu e-mail
 Sim, eu quero receber comunicações do Grupo Cipa Fiera Milano
 Sim, eu quero receber comunicações dos parceiros do Grupo Cipa Fiera Milano
 Sim, eu concordo com os termos de uso e com a Política de Privacidade do Grupo Cipa Fiera Milano

Fale Conosco

Avenida Angélica, 2491 - 20 andar -
Cj. 203 / 204

Telefone:
+55 11 5585.4355 / +55 11 3159-1010

E-mail: info@fieramilano.com.br

Website: www.cipafieramilano.com.br

Copyright by Fisp 2021. All Rights Reserved.